5 de jun de 2012

Poema - Flaming Dove (Tribute)


Olá pessoas!

Como vocês sabem, eu sou uma grande fã de David Bowie, e hoje é um dia que, como fã, eu não poderia deixar passar em branco; no dia de hoje, o álbum "The Rise And Fall Of Ziggy Stardust And The Spiders From Mars" completa 40 anos, assim como o emblemático personagem Ziggy Stardust, meu favorito.

Meu amigo Jeff (contato: meeks.wolowitz@gmail.com)  amavelmente me perguntou se eu iria fazer uma homenagem aqui e me ofereceu o lindo desenho do Ziggy Stardust que está logo abaixo. Minha singela homenagem é um poema sem rimas (como a maioria dos meus, não sei porque os chamo poemas) inspirado, principalmente, na música "Rock 'n' Roll Suicide", bastante medíocre, mas não quis deixar a data passar em branco. O título foi tirado de uma parte da letra de "Soul Love". Aqui fica minha singela homenagem a esse personagem, que mudou minha vida:

Flaming Dove

Um cigarro escorregando pelos seus dedos,
E um par de lágrimas escorregando de seus olhos inchados;
A fumaça lhe apazigua, mas não lhe permite esquecer seus excessos; tudo o que queria era esquecer,
Mas era jovem demais para isso.

O cigarro acaba, porém a agonia não;
Seus olhos continuam inchados, e a cocaína ainda está em seu bolso;
Conforme anda pela rua escura, pensa que a luz do sol seria bem vinda,
Mas está velho e ranzinza demais para se sentir melhor com isso.

O suicida observa a ponte a sua frente e observa o céu com inúmeras estrelas,
Pensando que em um passo a dor estará resolvida, e seu cérebro finalmente estará bem.
Sendo jovem ou sendo velho,
A solução seria igualmente bem vinda.

Mas a distância, porém ele consegue escutar o rádio vindo de um dos prédios,
E a voz que grita tão desesperadamente que ele não está sozinho em sua dor,
Que ele será ajudado, que é maravilhoso.
“Gimme your hands”, a música pede.

Em um gesto instintivo, o suicida estende as mãos para frente, para agarrar algo inexistente,
Um passo entre a vida e a morte,
Entre o vazio e arte,
Entre o nada e a esperança de um algo;
Há mil perguntas implícitas em sua mente.

Conforme a música acaba, a voz permanece em sua cabeça,
E uma decisão é tomada;
Ele dá um passo para trás e começa a voltar para sua casa,
Não mais um suicida do rock ‘n’ roll,
Apenas um Ziggy começando sua ascensão com esperanças renovadas por aquela pequena voz em sua cabeça que insistia em repetir,
“You’re not alone”. 


P.S.: se você gostou do poema e quiser postá-lo em algum lugar, fico lisonjeada. MAS antes disso, fale comigo e quando eu liberar, poste os créditos, ou teremos problemas.

5 comentários:

  1. Bruuuuuuuuubs, que lindo *-* - daquelas poser que não faz ideia de quando saiu cada álbum do Bowie saiu, mas beleza - eu AMO rock'n roll suicide, e os grito de "No, love, you're not alone!" sempre me faz chorar, sei lá, essa frase em geral mexe de alguma forma comigo (sendo fangirl chata, tem uma música do my chemical romance também, "Skylines and Turnstiles" que começa com um "You're not in this alone" que me deixa toda cnfhffgfgbfh argh, mas não é a questão .-.). Amei seu poema, de verdade, e o desenho é absolutamente maravilhoso :D

    xo

    Bells.

    ResponderExcluir
  2. =

    Aeeee maninha... mais uma vez corrido HUAHUAUH mas
    deu tempo de postarmos né \o
    Adorei o Poema ( que infelizmente não li previamente ) apesar de não ser fã do Bowie ( e na verdade mal conhecer umas musicas ) adorei fazer o desenho ^^

    Espero em breve ter novidades pro povo \o/

    parabéns babys !!

    ResponderExcluir
  3. Sensacional, a cada palvra descrita um cenário vai se moldando e tomando forma na cabeça de qualquer leitor, até mesmo o mais alienado Tratondo-se de David Bowie. A ilustração deu o toque refinado e triste que o poema narra. parabéns!

    P.S.: Não há ilustração ruim feita no caderno de JeffreY Wolowitz.

    ResponderExcluir
  4. Lindo, adorei tudo esta maravilhoso esse Desenho e perfeito .Parabens

    ResponderExcluir
  5. Não conheço muito do Bowie tbm, mas vi a letra da musica e cabe muito com seu poema. Adorei mesmo, é bem o seu estilo.

    E o desenho, que lindo *-*

    ResponderExcluir